Na oca de dona Ruth Cardoso…

Um almoço com meu bem, depois rolê no parque
Março marcho rumo abril
Sem chover tarde, silencioso, precisando de alvoroço
Gente para circular tempo vazio
Vento que entra lento até o topo do pouco deste céu.

Convidei o tempo pressa festa. Chove até o pescoço
Escondido na oca contemporânea de Ruth Cardoso
Percebo esplendor;
Cada som, cenário, imagens, Leptotes Bicolor
Quanto amor em cada um…
Não só na primavera mas também Epidendrum Secundum
Pro o ano todo florar a megalópole
E deixá-la cheia de Oncidium Sarcode
Daqui do hall eu observo a vertical sagacidade
Choveu pouco prum estrago descomunal
Ruas lembram rios do Pantanal…

Orquidário Ruth Cardoso 2

Era só um almoço com meu bem
Depois um rolê no parque…
Março marcha rumo abril
E eu me envolvo nos berços da cidade.

image

—————————————–
Texto que fiz após visitar o Orquidário da professora e antropóloga Ruth Cardoso, the flower.;-))

Bom fim de semana pra todos aqui.

 

D.

 

 

sem groselha picuinha A ARTE LIBERTA! ® 2015 Todos os direitos reservados ©

Anúncios

4 comentários sobre “Na oca de dona Ruth Cardoso…

  1. O que dizer dessa gratidão de poder ler textos tão grandiosos? e mais, poder vivenciar muitas das inspirações que te levam a escrever cada um deles…
    Di você é iluminado, e de um talento genial pra escrever …
    Fica aqui minha torcida por muito sucesso pra você, e minha gratidão por poder ler coisas tão incríveis … e muitas vezes em primeira mão!!!
    Sinta esse abraço !!!
    E sorte meu bem!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s