Sarau Café com Poesia (Vídeo)

Diego Borges,
A ARTE LIBERTA!

sem groselha picuinha A ARTE LIBERTA! ® 2017 Todos os direitos reservados ©

Meu Nude

Se pra você eu sou tarde, eu me explico:

É que antes de eu sair do armário, resolvi fazer uma faxina nele; queimei as roupas que os hipócritas imorais me vestiu em suas mentes sujas. Agora eu ando nu! Continuar lendo

poema do coração para o desamor

Desde que a ficha pesada e com o mesmo formato da terra
caiu
Me tornei um homem desconfiado de todos e a palavra era
vil
Qualquer argumento não passava de dolo
minha cabeça é foda e eu me lia um tolo!
Me senti perdido num lugar cruel dentro do meu eu
Me ensinei que o amor é mais que ser um prometeu Continuar lendo

Você e Abril

e se o sonho representa a realização de um desejo, você é a minha realidade incidida nos instantes da felicidade.
Eu tenho a liberdade e quero a responsabilidade e viabilizar o melhor pra nós dois, no nosso estilo.
O melhor para nós e consequentemente à quem nos rodear. Que sejam bons e do bem!
Os momentos ruins, porém, eu sei bem que virão.
Mas saiba, neném: Continuar lendo

ratos

ratos de porão é pura libertação

ratos na rua é sujeira da nação

ratos trajados é a manifestação da maldição.

pm

Texto: diego borges Fonte Imagem: flip paralizante

 

sem groselha picuinha A ARTE LIBERTA! ® 2017 Todos os direitos reservados ©